Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 1 de agosto de 2018

Li hoje meu segundo conto da Flannery O’Connor. The Barber (1946) conta a estória de um professor (Rayber) que se envolve em uma discussão política com seu barbeiro sobre a eleição que se aproxima. Como bom intelectual, ele tem uma posição progressista, em torno de um candidato que defende o fim das leis raciais. O barbeiro, de espírito conservador, defende o candidato oposto.

O conto mostra os limites da discussão política e o fracasso de desejar vencer discussões sem tentar entender a outra parte, especialmente quando se imagina em uma posição superior, tanto moral quanto intelectualmente. Ficou para mim o alerta de um antigo professor de Rayber: “eu nunca discuto”.

Ainda vou tratar mais deste conto.

Anúncios

Read Full Post »