Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \21\UTC 2017

Como superar uma enorme tragédia pessoal?

Nesse vídeo comento o filme (COM SPOILER).

Anúncios

Read Full Post »

Não me envolvi nas discussões sobre o julgamento do senado sobre o afastamento do Sr Aécio Neves porque, para variar, o ambiente de discussão está tão contaminado pelos lugares comuns que teria de ter uma limpeza antes de qualquer coisa. A coisa foi colocada como uma disputa sobre impunidade, do senado protegendo um dos seus.

Pode até ter esse componente, mas não é o principal. O maior é colocar um limite ao ativismo judicial. Sim, nossa constituição é uma aberração, feita justamente para proteger os políticos. Mas não é de competência do STF mudá-la e sim cumpri-la.

O senador só estava afastado por uma interpretação para lá de elástica das previsões penais. Tenho muito mais medo do STF do que do restante da política brasileira. Aliás, me chama atenção que achem que o STF não é uma corte política, que seus membros são escolhidos por sua competência.

Esse diálogo de A Man For All Seasons resume muito bem a questão. O futuro genro de Thomas More defende que ele prenda um sujeito imoral sem ter previsão legal. More se recusa pois ele não infringiu, ainda, nenhuma lei.

William Roper: So, now you give the Devil the benefit of law!

Sir Thomas More: Yes! What would you do? Cut a great road through the law to get after the Devil?

William Roper: Yes, I’d cut down every law in England to do that!

Sir Thomas More: Oh? And when the last law was down, and the Devil turned ‘round on you, where would you hide, Roper, the laws all being flat? This country is planted thick with laws, from coast to coast, Man’s laws, not God’s! And if you cut them down, and you’re just the man to do it, do you really think you could stand upright in the winds that would blow then? Yes, I’d give the Devil benefit of law, for my own safety’s sake!

 

Read Full Post »